Newsletter

Visita-nos em:

  • Facebook Page: 170320633001069
  • Twitter: cpessoal

Publicidade

Login



Calculadora de empréstimo

Montante:

(Use "." para decimais)
Duração:
anos
Taxa de interesse:
%
Mensalidade:
EUR
Total a ser pago:
EUR
Help
Crédito pessoal rápido - como obter? PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Sexta, 30 Maio 2014 21:12
partilha

Nos dias que correm o dinheiro rápido é muito importante para os clientes do "dinheiro", neste neste artigo irá referir como proceder, tomando estratégias claras para conseguir o seu crédito sem qualquer problema. 

O crédito rápido e fácil surge da necessidade das famílias muitas das vezes fazerem face às despesas, e ou pequenos empreendedores conseguirem obter dinheiro rápido para o seus negócios. Em ambos os casos recorre-se a um crédito pessoal, que possuí características de ser o mais rápido do mercado, mas com a consequência de ser o cobra taxas mais altas, sendo assim é necessário analisar os pós e contras desta tomada de decisão, e ter atenção a todos os termos do contrato, e ler todos os parâmetros mesmo que estejam em letras pequenas e reparar o montante final que será imputado. 

O que é o crédito pessoal rápido? que características é que tem? 

O crédito pessoal é o produto de crédito mais vendido actualmente, é considerado um crédito rápido e fácil e muitas das vezes suprimem comissões de abertuda ( de acordo com a empresa), sem a necessidade de apresentar grandes quantias de dinheiro, sem assim mais fácil obter o crédito. 

Como começar para pedir o crédito?

Reuna a documentação necessária antes de pedir o crédito, que em todos os casos e em Portugal são essencialmente: 

  1. Fotocópias dos Bilhetes de Identidade e Cartões de Contribuinte dos proponentes
  2. Última declaração de IRS e respetiva nota de liquidação (se aplicável)
  3. Declaração da Entidade Patronal indicando a data de admissão e o vínculo contratual, quando 
  4. Extrato bancário dos 2 últimos meses de outro Banco (se não for cliente)
  5. IRS do ano transato / Nota de Liquidação; 
  6. Último recibo de água, eletricidade, gás ou telefone;
  7. Declaração da dívida a liquidar e extrato onde se verifique o pagamento das 2 últimas prestações (apenas para liquidações de empréstimos em outras instituições)

Ainda recolher toda a informação necessária na internet, e em alguns bancos facilitam o primeiro contacto, e ligam para o pretendente ao crédito. E se as condições estiverem reunidas, e após fazer chegar à empresa a documentação necessária terá o crédito aprovado em de 2 a 3 dias.  Sendo bastante mais rápido do que os outros créditos.

Na adquisição deste tipo de crédito terá que ter uma atenção para as condições apresentadas e respeitar o pagamento, considerando as multas pelo o atraso da mensalidade, que poderá passar por um crédito consolidado (utilizado para vários créditos), mas o mais importante fica a dica de evitar aglomerar créditos pessoais, pois poderão descontrolar as suas finanças.

Onde poderá procurar este crédito?

A melhor opção para este crédito é começar pela cofidis, credibom, cetelem, oney, de entre outras empresas da especialidade são numa primeira instância um solução rápida. Outra hipótese, mais demorada, é procurar o seu banco e verificar a taxa de juro que estão a pedir, assim terá uma ideia como é que os bancos estão a vê-lo como cliente. Ou seja, se tiver produtos financeiros agregados e uma boa relação com o seu banco terá uma taxa de juro apelativa.

Por fim, poderá considerar um cartão de crédito, que de acordo com o seu plafom, irá proporcionar-lhe um financiamento rápido, pago a 50 dias após o seu uso. 

Contra-indicações

Após obter o crédito terá que se prevenir e evitar que a sua vida seja um pesadelo com um crédito que não consegue pagar. Sendo assim, serão consideradas em tópicos algumas contra-indicações ao uso deste do crédito:

  • Tempo alargado, quanto mais tempo tiver para pagar o seu crédito maior será o montante que terá como encargo;
  • Crédito mais rápido, poderá ser uma obrigação mais cara, ou seja um TAEG (taxa de juro) mais alto.

O importante de tudo é que quando pedir o seu crédito seja de forma consciente e que lhe conceda mais conforto e confiança na sua vida.

 



blog comments powered by Disqus
Actualizado em Sexta, 30 Maio 2014 22:33